RSS

Arquivo mensal: maio 2013

Dois Mais Dois

Diego e Emília têm um filho de 14 anos e uma vida estruturada, enquanto Richard e Betina levam uma rotina liberal. Quando os quatro saem para comemorar uma conquista de trabalho, Richard e Betina convidam os amigos para uma festa de swing e, mesmo  desconfortáveis com a ideia, Diego e Emília aceitam.
O filme pode ser conferido nas melhores salas de cinema do país.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de maio de 2013 em Cinema

 

Tags: , , , , ,

Faroeste Caboclo – O Filme

Na versão do diretor, João não é nenhum herói. Interpretado com garra pelo estreante Fabrício Boliveira, o negro que cresce na roça não vai a Brasília falar com o presidente. Ele foge de uma mãe falecida e um futuro de morte certa para buscar abrigo junto ao primo Pablo – o traficante que lhe dá a Winchester 22. É lá que ele conhece Maria Lúcia (Ísis Valverde), a garota rica, filha de senador e estudante de arquitetura, que fuma maconha diariamente e se encanta pelo bandido numa sequência graciosa de encontros na janela.
O filme pode ser conferido nas melhores salas de cinema do país à partir do dia 31/05, estreia oficial em todo o país.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27 de maio de 2013 em Cinema

 

Tags: , , ,

Caixa Mágica

O espetáculo “Caixa Mágica” conta a história da dramaturgia e a evolução das técnicas cênicas de uma forma ágil e divertida, em um cenário cheio de surpresas. Além disso, o espetáculo mostra que há muito mais do que atores e o palco: a trama apresenta ao público algumas profissões menos conhecidas mas imprescindíveis na montagem de uma peça teatral, como os técnicos de luz, som, maquinistas, cenotécnicos, figurinistas, camareiras e muitos outros.
A peça fica em cartaz até 21/07 no Teatro Alfa aos sábados e domingos (17h30). Os ingressos custam R$ 30,00 (inteira). O Teatro Alfa fica na R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de maio de 2013 em Teatro

 

Tags: , , , ,

A Propósito de Senhorita Julia

Baseada livremente em um clássico da dramaturgia universal, “Senhorita Julia”, de August Strindberg (1849-1912), a peça ”A Propósito de Senhorita Julia” ganha nova montagem, com Alessandra Negrini como protagonista, adaptação de José Almino e direção do cineasta Walter Lima Jr.
Completam o elenco ao lado de Alessandra Negrini, Eucir de Souza, como Moacir, e Dani Ornellas no papel de Cristiane. No texto original sueco – escrito na penúltima década do século 19 – o conflito tinha por base um rígido e radical sistema de classes sociais. Senhorita Julia era uma aristocrata, filha de um pai militar e tirano, traída por seus conflitos íntimos aliados a doses de álcool e um jogo de sedução com o empregado do pai. Enquanto no texto do autor sueco a peça acontece durante as celebrações do solstício de verão, quando a patroa participa das comemorações com os empregados, na adaptação de José Almino a história se passa no dia da vitória de Lula, quando o Brasil vislumbrava mudanças. O clima era de entusiasmo e expectativa de novos rumos para a sociedade.
A peça está em cartaz aos sábados (20h00), no Centro Cultural Banco do Brasil e a temporada segue até 30/06, com ingressos até R$ 6,00.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 20 de maio de 2013 em Teatro

 

Tags: , , , , , , , , ,

O Casamento

“O Casamento” é uma adaptação teatral do romance homônimo de Nelson Rodrigues. A encenação deste texto, que é a súmula da linguagem de Nelson, tem Renato Borghi encabeçando o elenco e Diana Bouth em sua estreia como atriz.
Tendo como pano de fundo o Rio de Janeiro nos anos 1960, com aqueles tipos e situações de que Nelson foi o cronista máximo, “O Casamento” surpreende pela crueza de sua temática, como também, pela sua originalidade e bem-humorada dramática.
A ação do espetáculo se passa nas 48 horas que antecedem o casamento de Glorinha, filha de Sabino Uchôa Maranhão, um rico industrial da construção civil. Dr. Camarinha, o ginecologista da família, avisa o pai da noiva que seu futuro genro, Teófilo, foi flagrado beijando um homem na boca. Esse é o ponto de partida para Nelson Rodrigues desfilar sua genialidade irônica e humor negro, tão característicos de sua narrativa, além de oferecer um inventário de suas mais caras obsessões. Todas as podridões inconfessáveis das personagens vão emergindo, transformando a futura e inexorável cerimônia de casamento numa festa grotesca e bizarra.
O espetáculo fica em cartaz até 30/06 no TUCA às sextas e sábados (21h30) e domingos (18h00). Os ingressos custam R$ 50,00 (sextas) e R$ 60,00 (sábados e domingos). O TUCA fica na Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 3 de maio de 2013 em Teatro

 

Tags: , , , , , , , ,

Dançando em Lúnassa

A Cia Ludens completa em 2013 uma década de atividades na área teatral. Como parte da celebração, seu novo espetáculo, “Dançando em Lúnassa”, do irlandês Brian Friel, estreia em maio no Centro Cultural São Paulo.
A nova montagem que estreia no dia 03/05 no Espaço Cênico Ademar Guerra, segue a mesma linha de pesquisa de outros trabalhos, que tem buscado um diálogo entre a dramaturgia irlandesa contemporânea e a realidade brasileira. No caso de “Dançando em Lúnassa”, easpectos da linguagem constituem a essência à partir da qual a ação da peça evolui.
O espetáculo se passa na pequena cidade fictícia de Ballybeg, em 1936, no momento em que a chegada de um rádio e o retorno de um padre missionário da África transformam a vida de cinco mulheres para sempre. Na transição de uma sociedade rural irlandesa que começa a se industrializar, Michael, o narrador, relembra eventos que marcaram sua vida: a chegada do rádio; a visita de seu pai; o retorno do tio doente da África e a transformação nas vidas de sua mãe e tias. Intercaladas à narração, as cenas desvelam o cotidiano dessas cinco irmãs: seus afetos, paixões e desapontamentos. Às vésperas do festival em homenagem ao Deus pagão da colheita, Lugh, revelações importantes vêm à tona: a verdadeira crença do padre Jack, os propósitos quiméricos do pai de Michael e o colapso da estrutura familiar dessas mulheres calcada em princípios patriarcais, cristãos e hipócritas, que já não conseguem oferecer respostas a um mundo industrial e capitalista, anunciado pela chegada de fábricas e máquinas. A seu modo, com humor, cantando e dançando, as irmãs Mundy sinalizam o papel fundamental e mesmo revolucionário que as mulheres irão representar nessa nova ordem que se anuncia.
A peça estreia 03/05 e fica em cartaz até 02/06 no Centro Cultural São PauloEspaço Cênico Ademar Guerra, às sextas e sábados (21h00) e domingos (20h00). Os ingressos custam R$ 10,00 (inteira). O Centro Cultural fica na Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 2 de maio de 2013 em Teatro

 

Tags: , , , , , , , , , , ,